CES 2017 Las Vegas: O Primeiro Grande Evento de Tecnologia

A Consumer Electronics Show (CES) tem nova edição em 2017 novamente logo no começo do ano, entre os dias 5 e 8 de janeiro. Embora não tenha foco em smartphones, que costumam chegar em maior número na Mobile World Congress (MWC), que ocorre logo em seguida, a feira de Las Vegas deverá trazer novidade nesse segmento.

Outra certeza é que não ficarão de fora TVs com todo tipo de tecnologia, além de novos dispositivos de realidade virtual. Confira a seguir o que esperar das fabricantes mais importantes do mundo que confirmaram presença na CES 2017.

Lenovo

A Lenovo seguiu a tradição e aproveitou a CES para lançar novos notebooks, incluindo novidades na linha Yoga de conversíveis. O X1 Yoga, com erã OLED de 14 polegadas, caneta recarregável redesenhada e um teclado melhorado.
Entre as novidades principais estão os portáteis ThinkPad X1 e o destacável Miix 720. Na família ThinkPad, surge o X1 Carbon 2017, um notebook empresarial com 1,13 quilos e ecrã IPS de 14 polegadas.

Há também chance de ver o lançamento do sucessor do Phab 2 Pro, aparelho com tecnologia Google Tango.

Xiaomi

A Xiaomi confirmou presença na CES em janeiro.  Apresentou ao mundo três produtos, incluindo dois inéditos a Mi TV 4 e o roteador Mi Router HD.

O Mi Router HD traz características similares ao antigo Mi W-Fi oferecido previamente pela fabricante chinesa, mas conta com um hardware atualizado que entrega ainda mais opções para usuários querendo montar uma estrutura de rede sem fio de qualidade.

A empresa também apresentou durante a CES 2017 a variante branca do Mi Mix, que já havia vazado antes na web.

Samsung

A Samsung é a maior fabricante com presença certa na CES. Ainda não foi confirmado em termos de lançamento, mas há boa chance de ver em Las Vegas os modelos novos da linha Galaxy A de smartphones. Outra possibilidade é a segunda versão do Galaxy TabPro S.

Em outros segmentos, a gigante coreana anunciou novos modelos de laptops, incluindo Chromebooks, e poderá anuciar TVs, dispositivos domésticos inteligentes e vários outros tipos de eletrônicos.

Asus

A Asus é uma da poucas que praticamente confirmou um dos lançamentos para a CES. A fabricante apresentou a segunda geração do Zenfone Zoom, híbrido de smartphone e câmera de bolso com zoom óptico. Especula-se que o aparelho traga duas câmeras traseiras de 16 megapixels e o novíssimo chip Snapdragon 835.

A marca também  apresentou seu primeiro smartphone com tecnologia Google Tango, denominado Zenfone AR.

LG

A LG não se deu bem com smartphones tops de linha em 2016, e deverá focar em intermediários na CES. Espera-se que a marca coreana apresente seis ou mais aparelhos das linhas K e X no evento, incluindo um LG X Calibur com corpo resistente a água e poeira e bateria de 4,100 mAh. É possível também que haja um novo celular da linha Stylus.

No ramo de TVs, esse sim com mais destaque para a marca entre modelos caros, a LG anunciou novos modelos interessantes, incluindo um monitor  LG Signature – OLED TV W, uma Smart TV com espessura de apenas 2.57mm e que, de tão fina, pode ser pendurada na parede usando ímãs.

Sony

A Sony revelou o lançamento de sua nova linha de TVs com tecnologia OLED 4K, chamadas de A1E, todas compatíveis com o padrão HDR. Além disso, a empresa apresentou novidades para equipamentos de áudio, além de soluções de imagem, como projetores e câmeras.

HTC

A HTC aprimora o HTC Vive na CES 2017. O elogiado headset de realidade virtual com fones embutidos já devem agradar alguns usuários que querem se livrar de cabos desnecessários na hora de se aventurar no universo digital, a outra novidade da vez tem tudo para abrir alguns sorrisos por aí. Isso porque, de acordo com O’Brien, a HTC pode estar trabalhando com a Intel para implementar uma tecnologia wireless ao seu headset VR – chamada WiGiG –, permitindo que o cabo que conectar o aparelho ao PC seja eliminado de vez do conjunto.

Dell

O XPS 13 é o melhor notebook de 2016, e a Dell irá lançar, de acordo com o TechRadar, uma versão híbrida do laptop na CES. A dúvida fica por conta do hardware do dispositivo, que poderá resultar em competição ferrenha ao Surface Book caso consiga manter as especificações potentes mesmo com tela destacável.

Nvidia

A Nvidia quer que todo mundo tenha acesso ao seu hardware. A empresa apresentou uma solução: um serviço de nuvem para games que permite que os jogadores de PC acessem seu hardware de última geração sem a necessidade de montar um PC gamer.

O serviço GeForce Now usa máquinas equipadas com uma GTX 1080 em data centers que possibilitam streaming em PCs e Macs

Fonte: tudocelular

Related Post

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTACT US

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

© [2017] Blog da Inovação - Tecnologia, Criatividade, Inovação .

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?